Skip to content

by em 08/11/2011

Estimular naturalmente os leucócitos e nunca se vacinar

Pierre Marchesseau (1911-1994) foi um dos grandes teóricos da naturopatia na Europa da segunda metade do século XX.  Adversário das falsas doutrinas de Pasteur segundo as quais o micróbio «vindo do exterior» do organismo é o causador de múltiplas doenças, Marchesseau sustentou, com Claude Bernard, que «o micróbio é nada, o terreno é tudo» e, com Tissot, que «o colibacilo intestinal não é um micróbio vindo de fora do organismo humano mas é o coli do sangue, alterado pela má alimentação, que passa ao intestino sob a forma de cocci».

As causas internas – estado do sangue, linfa e glândulas endócrinas, que se purificam com sumos de frutos e vegetais crus – são determinantes na saúde.

Assim, em lugar de nos inocularmos com vacinas – erro fatal porque introduz vírus e bactérias nocivas no corpo – temos de nos alimentar biologicamente, como frugívoros, exercitarmo-nos fisicamente e viver com o mínimo de «stress». A imunidade, aliás, não existe: a cada momento se pode perder a saúde, devido a maus alimentos, gases tóxicos, injecções, medicamentos e é ridículo pensar que um produto infectado (a vacina), que nos criou anticorpos no sangue, seja um «escudo protector» contra o que quer que seja.

Sobre a tão propagada necessidade de estimular os glóbulos brancos ou leucócitos como defesas do corpo, Marchesseau escreveu:

«Os leucócitos encontram-se especialmente no sangue. É necessário mobilizar a massa sanguínea (o que se faz espontaneamente em todas as inflamações locais e as febres gerais enquanto a força vital está suficientemente activa).»

«Os envoltórios quentes e húmidos, locais ou gerais, as compressas e os cataplasmas, sinapisados ou não, os banhos gerais supercalóricos (que começamos a 37º para ir até 40º e mais: 42º, 43º, 44º e 45º, segundo o treino do paciente) realizam acções desta natureza, inflamações locais e febres extensas, de tipo artificial, representando um factor de activação leucocitária.» (Marchesseau, Le microbe.. cet inconu!, Paris, 1975, pag 27).

Não tome medicamentos antifebre nem nenhuns outros!  A febre é uma expulsão de suores com milhões de virus e toxinas. É útil. Sente-se numa bacia ou banheira com água fria para fazer descer a febre. Ou faça sauna e banho supercalórico na banheira .

Alimente-se só de maçãs, laranjas, bananas, requeijão, folhas de alface, nozes, amêndoas ou avelãs nos dias de febre ou crise de reumatismo, bronquite, nefrite, dores de cabeça intensas, etc, e verá as melhoras reais de saúde!  Não coma sal, nem carne, peixes, ovos, doces, arroz, pão branco, não beba vinho nem fume, nesses dias de crise!

A dieta cura. O jejum cura. Purifica o sangue e os orgãos internos. A medicina oficial, muito útil em casos de urgência, é ineficaz e nociva no tratamento dos reumáticos, bronquíticos, arteroescleróticos, cardíacos, etc, porque ignora as leis da Saúde Natural.

(Blogue cura pelos frutos)

From → saúde

Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s